Neta e avó morta a facadas por adolescente que fingia vender produtos naturais

11:29
Um adolescente de 16 anos confessou na tarde desta quinta-feira (26) ter matado a facadas uma jovem de 19 anos e uma aposentada de 80 anos na última quarta-feira (25), no município de Jucás, no Ceará ( 407 km de Fortaleza).Segundo a polícia as duas foram mortas a facadas por um adolescente que estava em Jucás vendendo produtos naturais na companhia de outros dois homens. A  jovem estava em casa quando o adolescente entrou, tentou abusar sexualmente dela e a atingiu com uma faca. Ao tentar ajudar a neta a idosa também foi atingida com vários golpes de faca. Elas foram socorridas para o Hospital Municipal de Iguatu, mas não resistiram.  O delegado Jefferson Silva chegou a ouvir o depoimento da jovem enquanto ela ainda estava consciente. “Ela me disse que somente uma pessoa havia entrado na casa, um adolescente de 13 ou 15 anos de idade. E que tinha feito toda a cena do crime. Por isso eu tinha certeza que os outros dois suspeitos não haviam participado efetivamente do crime”. O acusado confessou com frieza ter matado 




Maria do Carmo Antonieta e sua neta Michelly Nascimento Bezerra. Durante depoimento o acusado diz não lembrar quantos golpes desferiu contra as vítimas e afirmou ter tentado estuprar Michelly. “Ela conseguiu fugir antes do fim”, relato o garoto. Michelly não resistiu aos golpes de faca na região do pescoço. O adolescente acrescentou ainda  que os três jovens que estavam em sua companhia não tiveram participação no duplo homicídio. “Eles ficaram dentro do carro enquanto eu entrei na casa”. Após assassinar a idosa e tentar estuprar a jovem, o acusado fugiu da casa. “Cheguei no carro onde estavam os meus colegas e disse que tinha deixado os produtos lá dentro”.  Não é a primeira vez que o adolescente se envolve em um crime com requintes de crueldade. Ele confessou ter participado de outro estupro na cidade de Iguatu, em dezembro de 2013. Na época ele  com apenas 13 anos  e outros dois garotos invadiram uma residência e estupraram a proprietária do imóvel. A ação durou cerca de 20 minutos. No velório  das vitimas familiares e moradores ainda estavam em choque. Um vizinho das vitimas afirmou que não acredita que algo tão terrível aconteceu com a adolescente, que conforme ele era uma pessoa educada e obediente aos pais. “Ela era um amenina linda e educada. obediente e não esperávamos que isso acontecesse com ela”, disse. Abalada, a mãe da jovem, Maria do Carmo Nascimento, lembrou o amor que avó e neta tinham uma pela outra. Elas já moravam juntas há mais de 10 anos. “Acho que ela queria mais bem a vó do que de mim. Porque ela dizia que a vó era tudo para ela”, afirmou. A polícia agiu com eficiência e rapidez e  conseguiu chegar ao  autor do mesmo dia do crime. 



Fonte: Plantão Policial

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »