Atendimento à população é retomado com o fim da greve dos servidores do Quadro Geral

21:18



Chegou ao fim na última quinta-feira, 2, a greve dos servidores públicos do Quadro Geral do Estado. A categoria decidiu em assembleia encerrar a paralisação de 17 dias depois da proposta apresentada pelo Governo e após ter sido aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais o projeto de lei que institui o pagamento da data-base em duas parcelas. Em todo o Estado, servidores efetivos retomaram as suas atividades na manhã desta sexta-feira, 3.
No acordo aceito pela categoria, ficou definido que a primeira parcela, no percentual de 4,17%, será paga ainda neste mês de julho, junto com o retroativo gerado nos meses de maio e junho. Já a segunda, de 4%, deverá ser efetuada em outubro deste ano. Os retroativos gerados entre os meses de maio a setembro de 2015 devem ser pagos em 12 parcelas, de janeiro a dezembro de 2016.
De acordo com o governador Marcelo Miranda, o fim da greve expressa não a vitória para uma das partes, mas a prova de que, com boa vontade e diálogo, tudo é possível. “Entendemos o papel dos sindicatos, porém, enquanto Governo, não podemos nos comprometer com o que não podemos honrar, não podemos tomar atitudes irresponsáveis apenas para dar fim a manifestações. Agradeço o bom senso dos que negociaram com a comissão do Governo, o empenho dos nossos deputados estaduais e contamos com a compreensão de todos os servidores envolvidos. Juntos vamos construir um Tocantins melhor para todos nós”, afirmou.
Segundo o secretário de estado da Administração, Geferson Oliveira Barros, o decreto referente ao pagamento da data-base acordada junto aos servidores será assinado pelo governador Marcelo Miranda na próxima semana. Ainda de acordo com o secretário, será produzido, nos próximos dias, um balanço dos prejuízos da paralisação ao Estado. “O órgão que mais foi prejudicado em arrecadação foi o Detran [Departamento Estadual de Trânsito], onde a população não conseguiu emitir e pagar alguns boletos. O restante dos serviços em órgãos como a Adapec [Agência de Defesa Agropecuária] aconteceram dentro da normalidade”, afirmou.
Serviços
No Detran, os serviços voltaram a ser restabelecidos tanto na Capital, quanto nas demais 29 Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), e os servidores em greve também já retornaram às atividades.  Já na Adapec, os trabalhos de emissão de Guia de Transporte Animal (GTA), principal documento emitido à população, não sofreram interrupção. De acordo com a agência, durante os dias de paralisação dos servidores, foi realizada uma programação de escalas dos servidores em exercício para que os serviços não fossem paralisados.
Os atendimentos do Serviço Nacional do Emprego (Sine) também retornam à normalidade nesta sexta-feira. Para esta semana, são ofertadas 70 vagas de emprego e, para a próxima semana, há a previsão de serem disponibilizadas centenas de vagas. Para agilizar o reestabelecimento do ciclo normal das atividades, gerentes e servidores internos do Sine foram deslocados para o atendimento ao público. O único serviço que havia sido interrompido durante a greve foi a emissão de carteira de trabalho e abertura de processo para recebimento de seguro-desemprego, já que estas atividades só podem ser feitas por servidores concursados, mediante uma senha pessoa e intransferível. A diretoria do órgão lembra que, inicialmente, devido à demanda reprimida no período da greve, pode aumentar o tempo de espera para atendimento.


Informações: Wherbert Araújo / Secom

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »