Homem que se passou por dedetizador para estuprar menina de 10 anos foi preso pela Polícia Civil

00:10


Nesta última sexta (13) um homem de 44 anos acusado de ter se passado por dedetizador para estuprar uma menina de 10 anos foi preso em Ceilândia (32 km de Brasília). De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu em janeiro deste ano em Taguatinga, região administrativa do Distrito Federal, mas a prisão só foi realizada nesta última sexta-feira após investigações conduzida pela Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (DPCA). Segundo informações, o homem teria investigado a rotina da família da vítima e quando o padrasto e a mãe da menina saíram do local o criminoso agiu. O acusado teria tocado a campainha do imóvel e quando a menina apareceu ele informou que trabalhava em uma empresa de dedetização. Em seguida ele pediu um copo com água, entrou na residência, disse ainda estar fazendo aniversário e pediu um abraço para a menina. Logo após cometeu o estupro. O acusado que é casado foi preso em sua casa e ficou em silêncio durante o depoimento. A polícia diz trabalhar com a hipótese de que ele tenha abusado de outras crianças da região. O homem já tinha passagens por ameaça, lesão corporal e tentativa de estupro a um familiar e responderá agora por estupro de vulnerável.

Fonte: Plantão Policial

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »