Operação conjunta das Polícias Militar e Civil resulta na prisão de quadrilha de traficantes

10:54


Uma Operação Integrada da Polícia Militar e Polícia Civil resultou na desarticulação e prisão de uma quadrilha de traficantes na sexta-feira, 18, na região sul de Palmas. Durante a ação oito pessoas foram presas, dentre elas duas mulheres e seis homens, acusados de tráfico de drogas. Além de um procurado pela justiça, acusado de assaltos a bancos. Com a quadrilha os policiais apreenderam R$ 6.150,00 reais em espécie, um cheque no valor de R$ 5.000,00, uma munição de 38 mm, aproximadamente 6,6 quilos de maconha, uma balança de precisão, e vários outros objetos. A Operação foi realizada pela Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC) e pelo Serviço de Inteligência da Polícia Militar do Tocantins, em uma investigação que durou cerca de seis meses. As instituições confirmaram e identificaram os traficantes, o local onde guardavam a droga, e os modos operacionais dos criminosos. A Operação foi batizada com o nome do primeiro pecado “Gula”. O resultado das investigações culminou na prisão dos traficantes em uma residência no Setor Santa Bárbara e outra no Setor Taquari, região sul da capital. Todos os envolvidos e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos legais. Depois de checarem os documentos de um dos envolvidos, os policiais descobriram que eram falsificados, e que se tratava na verdade de um indivíduo conhecido como “Gordo”, considerado um dos maiores assaltantes de banco do Brasil e de alta periculosidade. O acusado já possui vários mandados de prisão, nos estados de Minas Gerais, Goiás e Tocantins, pelos crimes de homicídio e roubo a banco. 
Informações: ASCOM PM-TO

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »