Foragido da Justiça do Tocantins é preso pela Polícia Civil, em Minas Gerais - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Foragido da Justiça do Tocantins é preso pela Polícia Civil, em Minas Gerais

Share This


Policiais Civis da 10ª Delegacia Regional de Araguatins, no Extremo Norte do Estado, com apoio da Polícia Mineira prenderam, no início da tarde da última quinta-feira, 25, Pedro Ferreira Leite, de 36 anos de idade. Segundo as investigações da PC, Pedro é o autor do homicídio que vitimou o sargento da Polícia Militar do Estado do Tocantins, Francisco Vieira, crime ocorrido no dia 23 de julho de 2007, na cidade de Esperantina – TO e foi preso, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado regional Eduardo Morais Artiaga, após alguns meses de levantamentos, os investigadores da 10ª Regional conseguiram localizar o paradeiro do suspeito, o qual estava escondido na zona rural da cidade mineira de Cruzeiro da Fortaleza, local para onde fugiu e vivia normalmente desde a época do crime.  

Com base nessas informações, os policiais civis do Tocantins e Minas Gerais montaram uma força-tarefa conjunta e foram até a localidade, onde Pedro residia e efetuaram sua prisão, a qual só foi possível graças ao intenso trabalho de investigação dos investigadores da 10ª Delegacia Regional de Polícia de Araguatins com a colaboração da Polícia Civil Mineira, bem como da Promotoria de Justiça da Comarca de Augustinópolis.

Após os procedimentos cabíveis, Pedro Ferreira foi encaminhado à Cadeia Pública de Cruzeiro da Fortaleza–MG, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário até ser recambiado para o Tocantins, onde deverá responder pela acusação que lhe é imputada.

O crime
Na madrugada do dia 23 de junho de 2007, o sargento Francisco Vieira tentava separar uma briga entre Pedro Leite e outro homem, quando foi atingido por dois disparos de arma de fogo efetuados por Pedro. Mesmo ferido, o sargento ainda lutou com o agressor e conseguiu desarmá-lo, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Pedro fugiu e, até esta quinta-feira, era considerado foragido da Justiça. 

Post Bottom Ad