Adolescente morre com tiro no rosto após mãe denunciar tráfico, diz família - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Adolescente morre com tiro no rosto após mãe denunciar tráfico, diz família

Share This


A Polícia Civil investiga a morte de uma adolescente de 15 anos atingida por um tiro no rosto, na sexta-feira (25). Segundo informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Anna Cristina Rodrigues de Souza foi abordada por suspeitos em sua residência, no bairro São José, Zona Leste de Manaus. Segundo a família, o crime ocorreu após mãe da vítima denunciar o tráfico de drogas à polícia. Um irmão de 13 anos presenciou o assassinato.Testemunhas relataram que um grupo de homens teria invadido casa da família por volta das 19h. A mãe da vítima, Delcir Rodrigues, de 39 anos, disse que os homens fizeram ameaças aos familiares, dispararam e fugiram do local.
"Entraram dois e o resto ficou na entrada. Simplesmente falaram para mim que tinham mexido com uma facção. Eu não vivo de droga. Sou uma mulher solteira que trabalha dignamente para dar o estudo dos meus filhos, para dar o que eles comerem. É injusto eles virem na minha casa e assassinarem minha filha na minha frente. Tenho um filho de 13 anos que está traumatizado", afirma Delcir.
A polícia suspeita que os criminosos vivem no mesmo bairro onde ocorreu o crime. Nenhum suspeito foi preso até o início da manhã desta segunda-feira. “Sabemos quem são os suspeitos. Vamos agora intensificar as investigações para tentar prender algum deles e poder avançar as investigações”, disse o delegado Ivo Martins.
A mãe da adolescente afirma que o crime ocorreu após ela denunciar a ação de traficantes da área. "Ela perdeu a vida por causa de uns bandidos. Hoje minha casa está fechada, vou ter que me mudar. Quero uma resposta para mim, para minha família. Ela foi covardemente assassinada. A única pessoa que denunciou [os traficantes] para polícia foi eu", disse a mãe da vítima.
A relação do crime com o tráfico de drogas será investigada. “Sabemos que eles invadiram a residência a procura de outra pessoa, que não a Ana. Esta pessoa não estava, então desferiram um disparo na altura do olho dela. Vamos levantar todas as informações, inclusive de que a família teria denunciado o tráfico no beco, o que poderia ter motivado o crime”, afirmou o delegado.
Após ser baleada, a jovem chegou a receber socorro e foi encaminhada para o Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, também na Zona Leste. Ela não resistiu ao ferimento e morreu na unidade de saúde, no sábado.
O corpo foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) na manhã de domingo (27). O velório da adolescente ocorreu nesta segunda-feira (28).
Fonte:G1

Post Bottom Ad