Vasco vence primeira partida e joga pelo empate no próximo Domingo

18:37


Com 11 às costas, sumido do jogo, mas decisivo na hora que mais precisa. Jorge Henrique está muito longe de Romário, mas pode contar que reviveu o Baixinho com a camisa cruzmaltina, a primeira que o ex-jogador vestiu no futebol profissional. Um desvio sutil do atacante colocou o Vasco à frente na decisão do Campeonato Carioca de 2016 nesse domingo, na volta ao Maracanã. O time de Jorginho defende o empate para ser bicampeão carioca - e para conquista invicta que não vem desde 1992. O Alvinegro, melhor no primeiro tempo, vai precisar inverter a vantagem. Se vencer por um gol de diferença, pênaltis. Por dois, o Alvinegro é campeão.

PRIMEIRO TEMPO
A reedição em preto e branco da final de 2015 este ano não teve muitas emoções no primeiro tempo em que o Botafogo foi superior. Com domínio do meio de campo e marcação forte, o time dirigido por Ricardo Gomes, se não teve uma grande chance, foi quem mais chegou na área adversária. Martín Silva saiu duas vezes nos pés dos atacantes alvinegros - uma vez com Ribamar, outra em Salgueiro.

SEGUNDO TEMPO
Mal na partida, Nenê teve a melhor chance do time de Jorginho nos pés logo no início do segundo tempo, mas a zaga do Botafogo desviou para escanteio. A resposta veio com Ribamar, que chutou cruzado para fora, com perigo. O camisa 10 vascaíno mostrou por que faz a diferença no time de Jorginho. Fintou para os dois lados e cruzou para Jorge Henrique, de 1,69m, vencer Jefferson, de 1,89m. Sassá, que entrou na segunda etapa, exagerou na vontade e foi expulso após entrar na canela de Jorge Henrique.

Mesmo com um a menos, o Botafogo teve chance de empatar, com Ribamar, mas Martín Silva foi perfeito. O time de Jorginho ainda ameaçaria mais duas vezes, com Jefferson, agora sim, mostrando o grande goleiro que é.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »