Emendas parlamentares para a Saúde devem ser liberadas nas próximas semanas

19:31
Jaciara França / Governo do Tocantins


Em momento de planejamento de uma nova etapa no governo federal, o governador Marcelo Miranda e a bancada de apoio no Congresso Nacional trabalham para incluir os projetos do Tocantins entre as prioridades dos ministérios. Nessa quarta-feira, 15, e quinta-feira, 16, Marcelo Miranda esteve em mais três reuniões com ministros, em Brasília (DF), acompanhado pelos deputados federais Lázaro Botelho e César Halum.
No Ministério da Saúde, o ministro Ricardo Barros garantiu, para as próximas semanas, a liberação de recursos referentes às emendas parlamentares impositivas de 2014 e 2015. As emendas se destinam, em sua maioria, a atender
os municípios e, algumas, para os hospitais estaduais, como o Hospital Geral de Palmas, para aquisição de equipamentos oftalmológicos, e ao Hemocentro em Palmas, além de adequações em unidades de saúde.
Outra vitória do governo Marcelo Miranda no Ministério foi o reconhecimento da necessidade de atualização dos valores de remuneração de leitos, que estavam sendo pagos como enfermaria e terão os valores reajustados para Unidade Intensiva. Essas atualizações serão destinadas à área materno-infantil, às unidades intensivas, dentre outras. O Ministério ajustou ainda a parceria com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), para a realização de
mutirões cirúrgicos a partir do mês de julho.
A saúde foi pauta também da reunião com o ministro da Educação, José Mendonça, devido ao processo de transferência do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), localizado em Araguaína, para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). A transferência do HDT já está em curso. Na reunião desta quinta-feira, foi pactuado que, nos próximos três meses, o Estado se responsabilizará apenas pela manutenção dos profissionais e o Ministério assumirá os custos operacionais. À medida que a equipe da EBSERH assumir os postos de trabalho, os profissionais do Estado, que atuam no HDT, serão remanejados para atender às necessidades da população em outras unidades.



Share this

Related Posts

Previous
Next Post »