Exército e Prefeitura unidos no combate ao Aedes em Araguaína

10:08



Agentes de combate às endemias da Prefeitura de Araguaína e militares do Exército Brasileiro da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, de Marabá (PA), estão juntos visitando residências em Araguaína, no combate ao Aedes aegypti. Os moradores recebem às equipes, que repassam orientações sobre como se proteger do mosquito, evitando doenças.
 
O morador do Setor Jardim dos Ipês I, Luís Brasil, chegou a mostrar orgulhoso, colado na geladeira, o papel de visita dos agentes. “Eu e minha família nunca ficamos com dengue e devo isso aos agentes que além de visitar ensinam como devemos cuidar de nossas casas. Aprendi, por exemplo, a guardar garrafas de cabeça para baixo para não acumular água”, contou.
 


Os soldados e agentes estão realizando trabalho corrido, de 7 às 14 horas, isso para conseguirem encontrar mais pessoas nas residências. “Fomos muito bem recebidos e nos setores que passamos, 90% das famílias foram atendidas. O objetivo principal é sensibilizar toda a comunidade, da importância de cuidar de seus quintais, sem acúmulo de lixo e água parada, locais propícios para os criadouros”, disse o soldado Wesley Melo de Almeida.
 
Setores
Nos três dias de ação, devem ser inspecionados 2.586 imóveis. Foram escolhidos os setores onde os agentes tem dificuldade em encontrar os moradores, residências fechadas e onde foram registrados focos.
 

Os setores que já receberam as equipes foram Jardim Alasca, Jardim Filadélfia, Dona Nélcia, setor Rodoviário, George Yunes e Anhanguera, Parque Sonhos Dourados, Residencial Pedro Borges, Brejão, Jardim Europa e Jardim. Amanhã, no último dia da força-tarefa em conjunto com o Exército, os agentes vão estar no período da manhã no Jardim dos Ipês II.
 
Parceria
Em abril, entre os dias 13 e 15, o Exército Brasileiro - batalhões Infantaria 50-Biz, de Imperatriz (MA), e 23ª Brigada de Infantaria de Selva, de Marabá (PA), e a Secretaria da Saúde levaram orientação para mais de 10 mil pessoas. Durante a ação, foram inspecionadas 4.919 imóveis, sete imóveis fechados e 62 pontos estratégicos, sendo eliminados 318 focos.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »