Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas em Paraíso do Tocantins

11:28


Policiais Civis da central de flagrantes de Paraíso do Tocantins, sob o comando do delegado Hélio Humberto Espindola Pires, prenderam, na noite da última quinta-feira, 21, Alvecino Miranda de Souza, de 42 anos de idade. Ele é suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas e foi preso por volta das 20hs quando se encontrava em sua residência, localizada na Vila Regina, em Paraíso, logo após ter recebido cerca de 220 gramas de crack.

Conforme informações do delegado Regional, José Antônio da Silva, que deu suporte a operação, os agentes do plantão da 1ª Delegacia de Polícia Civil, receberam uma denúncia anônima informando que uma pessoa, que já estava sendo investigada por tráfico de drogas, faria a entrega de certa quantidade de entorpecente ao um conhecido traficante que residia próximo a quadra de esportes do Setor Vila Regina.

Diante da informação, os policiais civis dirigiram-se até o local indicado e quando chegaram, avistaram um motoqueiro com aparência idêntica ao mencionado na denúncia. Os agentes então passaram a seguir o homem e o flagraram quando o motoqueiro parou na residência de Alvecino e lhe entregou um embrulho suspeito, fugindo em seguida.

Diante das evidências, os policiais adentraram na residência e encontraram, em poder de Alvecino, a porção de crack que o motoqueiro lhe havia entregado. Ao ser questionado sobre a droga, o suspeito confessou que a mesma era de sua propriedade e que ele a comercializaria no Setor em que reside.

Ele foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ainda na delegacia, os policiais civis realizaram buscas sobre a vida pregressa de Alvecino e descobriram que o mesmo, já possui condenação pela prática de tráfico de drogas e se encontrava cumprindo pena em regime semi-aberto.

Após os procedimentos cabíveis, o homem foi conduzido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Paraíso, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário em regime fechado, uma vez que, devido ao novo crime de tráfico de drogas, ele perdeu o direito ao regime semi-aberto. 

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »