Governo do Estado mobiliza Força-Tarefa no combate aos incêndios na Serra do Lajeado

21:08


Uma ação emergencial coordenada pela Defesa Civil Estadual, juntamente com o Corpo de Bombeiros, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Polícia Ambiental, Exército Brasileiro e Prefeitura de Palmas, foi iniciada na manhã desta quinta-feira, 04, visando conter os focos de incêndio registrados por meio de imagens aéreas na Serra do Lajeado, no entorno da Capital. No momento, 13 bombeiros militares estão trabalhando para conter os focos de incêndio na Serra.


A iniciativa pretende impedir o aumento dos focos de calor, uma vez que neste ano, o Estado vem sofrendo com a antecipação do período de estiagem e os efeitos do fenômeno climático El Niño. Desde o primeiro trimestre deste ano a Defesa Civil vem alertando os moradores para não realizar nenhuma atividade com fogo em áreas florestais ou propriedades privadas.

Dados coletados pelo Centro de Monitoramento da Defesa Civil apontam que todos os municípios do estado se
encontram em estado crítico e iminente de risco de queimadas. Dos municípios com mais registros encontram-se Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Pium, Mateiros e Ponte Alta do Tocantins. A Capital figura em 33º lugar, com 40 focos de calor. Entretanto, os fortes ventos registrados na cidade podem ter aumentado o fogo na área da Serra do Lajeado. Apesar das investigações estarem em curso, até o momento não se sabe se o fogo foi acionado de maneira criminal. Sobre a baixa umidade relativa do ar, os municípios de Dianópolis, Paranã e Taguatinga encontram-se a 15%, considerado estado de alerta.

Ações

 Segundo o superintendente estadual da Defesa Civil, Tenente Coronel Bombeiro Peterson Ornelas, três equipes de bombeiros estão atuando na área da Serra do Lajeado. “Realizamos um monitoramento aéreo na última quarta-feira e identificamos diversos focos de incêndio em áreas de difícil acesso. Por isso estamos contando com o apoio de dezenas de militares e civis na contenção deste fogo. Outra ação que estamos realizando é um mapeamento das chácaras localizadas no entorno da serra, distribuindo equipamentos de combate ao fogo como bombas costais, abafadores e demais equipamentos de proteção individual”, ressaltou.

Moradores

A agente de saúde Sônia Santana, moradora da chácara
Palmeirinha, no entorno da serra está preocupada com o avanço do fogo. Iniciado na tarde desta quarta-feira, os focos de calor se espalharam muito rápido e por pouco não atingiram sua residência. “O vento forte ajuda no aumento do fogo. A gente fica com medo porque já tivemos prejuízos outras vezes perdendo encanamentos e rede elétrica por causa do fogo”, afirmou.

Brigadistas

 No início da semana, o Governo do Tocantins, por meio da Defesa Civil Estadual, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) concluíram as capacitações de 80 brigadistas que vão atuar nos municípios de Mateiros, Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Novo Acordo, São Félix do Tocantins, Ponte Alta do Tocantins, Dueré, Lizarda e Pium, onde são identificados mais registros de focos de calor. Os trabalhos das equipes devem se estender até o mês de outubro.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »