Público tocantinense tem a chance de assistir a grandes nomes do Rally dos Sertões - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Público tocantinense tem a chance de assistir a grandes nomes do Rally dos Sertões

Share This





Os tocantinenses, amantes de esportes de aventura, terão mais uma vez a oportunidade de acompanhar de perto os grandes nomes do off road do Brasil. O Rally Internacional dos Sertões 2016, que começou por Goiânia (GO) neste sábado, 3, chegará ao Tocantins na próxima semana, e os pilotos mais fortes da competição estarão nessa disputa. Com parada do Rally em Mateiros, em 8 de setembro; Ponte Alta, no dia 9; e Palmas, no dia 10, o público tocantinense poderá assistir a chegada dos pilotos ao final de cada etapa, geralmente no início da tarde, conhecer suas máquinas e toda a estrutura de apoio do evento, montada pela organização.
Na lista de 146 veículos, sendo 53 carros, 47 motos, 14 quadriciclos e 32 UTVs, estão os maiores recordistas de títulos do Rally. Na busca do inédito sétimo título nas motos, Jean Azevedo tentará novamente fazer história no Sertões. “Meu objetivo é sempre buscar a vitória. Espero ampliar a diferença para os demais pilotos”, afirma o paulista de São José dos Campos, que compete na categoria Super Production.

Outro nome forte do Sertões 2016 será José Hélio, que já acumula cinco troféus de campeão nas motos. Na categoria sobre duas rodas também aparecem pilotos que estão na estrada há décadas. Caso do experiente Dimas Mattos (KTM), que disputará o Rally dos Sertões pela 20ª vez.
A lista de veteranos do Rally com vários títulos é imensa. Marcelo Medeiros buscará o tri nos quadriciclos, e Bruno Sperancini (Can-Am), atual campeão nos UTVs com Lourival Roldan, corre de olho no tricampeonato. Guilherme Spinelli e o navegador Marcelo Vivolo buscam o quinto título nos carros.
Nessa rivalidade de grandes campeões, há também quem é veterano, mas não briga por título. São os pilotos tidos como
amadores que entram por aventura e a meta de completar os sete dias seguidos de competição. É o caso do piloto do Tocantins, João Onofre, que correrá na categoria motos Over 45. “O objetivo de quem não é profissional é concluir a prova. Mesmo não estando na disputa por título, a gente se sente orgulhoso de competir junto com os melhores do Rally”, destacou.
Números em alta
A prova vai de Goiânia (GO) a Palmas (TO), com 3.212 quilômetros de percurso, sendo 2.357 quilômetros de especiais (trechos cronometrados). São 143 veículos (carros, motos, UTVs e quadriciclos), 27% a mais que as 114 máquinas de 2015.
Em 15 anos de passagem do Rally pelo Tocantins, essa será a primeira vez que a capital tocantinense será palco da chegada. A praia da Graciosa receberá toda uma estrutura de apoio para acomodar os pilotos, equipes, imprensa, colaboradores e o público em geral para assistir a chegada dos competidores, no dia 10 de setembro, a partir das 13 horas.
Apoio
O Rally dos Sertões é organizado pela empresa Dunas. O evento tem patrocínio da Honda, da Mitsubishi e da Outback; e apoio da Pirelli e da Cidade Alpha Goiás (empreendimento da Alphaville Urbanismo). Tem ainda apoio institucional dos governos de Goiás e do Tocantins.
ROTEIRO
SÁBADO (3 de setembro)
18h30 – Largada Promocional (Autódromo Internacional de Goiânia)

4de setembro – Etapa 1
Goiânia (GO) – Padre Bernardo (GO)
Total do dia: 364,54 quilômetros

5 de setembro – Etapa 2
Padre Bernardo (GO) – Cavalcante (GO)
Total do dia: 418,3 quilômetros

6 de setembro – Etapa 3
Cavalcante (GO) – Posse (GO)
Total do dia: 643,48 km

7 de setembro – Etapa 4
Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)
Total do dia: 560,15 km

8 de setembro – Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) – Mateiros (TO)
Total do dia: 461,14 km

9 de setembro – Etapa 6
Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO)
Total do dia: 520,95 km

10 de setembro – Etapa 7
Ponte Alta (TO) – Palmas (TO)
Total do dia: 243,61 km
Cerimônia de Premiação e Festa de Encerramento

Post Bottom Ad