Agência de Segurança de Araguaína dará recompensa a quem levar à prisão dos acusados de matar homem em UBS - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Agência de Segurança de Araguaína dará recompensa a quem levar à prisão dos acusados de matar homem em UBS

Share This


A Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) de Araguaína estipulou uma recompensa no valor de R$ 2 mil para quem ajudar as Polícias Militar e Civil na identificação e localização dos acusados de terem assaltado e matado um cidadão dentro de uma Unidade Básica de Saúde, ocorrido na última quinta-feira, 23. Quem souber de alguma informação poderá ligar diretamente no 190 da PM e a sua identidade será preservada.

O presidente da ASTT, Fábio Astolfi, explicou que o principal objetivo desta recompensa é colaborar com o trabalho da Polícia. “Talvez alguém possa reconhecer os suspeitos e por medo, acabe ficando em silêncio. Através do 190, será preservado o sigilo da pessoa e, assim, conseguiremos achar esses criminosos”, declarou.

Para a identificação dos suspeitos, foram divulgadas as imagens da câmera de monitoramento instalada na UBS, onde aparecem os dois homens entrando na unidade.

Assalto
O crime ocorreu na última quinta-feira, 23, na UBS Palmeiras do Norte, no Setor São Miguel. Um dos suspeitos (de camisa vermelha) entrou na unidade de saúde como se fosse pedir um atendimento e logo saca uma arma de fogo, apontando para a vigilante, obrigando-a a entregar a sua arma.

O segundo suspeito (calça azul e camiseta verde) entra na UBS passando a mão no rosto, uma forma de tentar dificultar a sua identificação no sistema de segurança.

Edilson Torres da Silva, 43 anos, que estava no momento acompanhando a sua esposa e a sua filha na UBS, percebeu a movimentação e tentou desarmar o assaltante, mas o assaltante efetuou dois disparos na sua direção, acertando-o na cabeça. Silva ainda foi socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Segurança nas UBS
A Prefeitura de Araguaína vem trabalhando para garantir a segurança da comunidade nas unidades básicas de saúde. O Município já firmou uma parceria com a iniciativa privada, a qual viabilizou a instalação de câmeras de monitoramento em 17 UBS, travas nas portas e também a presença de vigilância armada nessas unidades.

Além disso, a Prefeitura criou a Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT) para que seja implantada a Guarda Municipal na cidade, reforçando a segurança nos prédios públicos do Município.
 
Os assaltos nas unidades acontecem desde 2015, sendo registrados três naquele ano. Em 2016, foram seis assaltos. E neste ano, ocorreram dois, incluindo este último que aconteceu nesta quinta-feira, 23, na UBS Palmeiras do Norte, no Setor São Miguel.

Post Bottom Ad