Estado e Instituto de Traumatologia realizam mutirão de cirurgias ortopédicas no Hospital Geral de Palmas - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Estado e Instituto de Traumatologia realizam mutirão de cirurgias ortopédicas no Hospital Geral de Palmas

Share This



O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), em parceria com o Governo do Estado, realizou neste domingo, 2, no Hospital Geral de Palmas (HGP), a avaliação de cerca de 100 pacientes que estão na lista da Central Nacional de Regulação em Alta Complexidade (Cnrac). A meta é que, ao menos, 30 desses pacientes tenham a oportunidade de passar por procedimento cirúrgico de alta complexidade, sendo 15 de quadril e 15 de joelho.
A diretora-geral do HGP, Renata Duran, explica que esses pacientes são eletivos, que não são considerados de urgência e emergência e aguardam cirurgia em casa. “É uma oportunidade desses usuários terem uma qualidade de vida melhor diante do quadro clínico que têm hoje, muitos usam muleta e a maioria é
composta por idosos. Tudo isso é muito importante para a saúde pública do Estado, que não tem tido oportunidade de oferecer esses serviços de cirurgias eletivas, devido à super lotação do hospital”, afirmou.
O anestesista e coordenador do projeto, José Luis Ramalho, fala sobre os critérios de seleção dos pacientes. “Como vamos operar em regime de mutirão, a gente tem que se ater a cirurgias de execução mais tranquila, não é todo paciente que tem condições de ser operado nesse regime. Serão os pacientes que têm menos doença associada, casos relativamente mais simples, pois os casos mais complexos demandam muito mais tempo, e o objetivo aqui é fazer o maior número possível de cirurgias em uma semana. Os pacientes que não forem operados também se beneficiam, pois a fila dele diminui”, informou.
Segundo o coordenador, o grande ganho dessas duas cirurgias que é prótese de joelho e quadril, é o alívio da dor. “São articulações importantes e que, em alguns casos, limitam muito o movimento, então eles vão poder voltar a fazer coisas no dia a dia e ter uma qualidade de vida melhor”, acrescentou
O senhor José Tavares Glória, de 67 anos, após 4 anos de espera e dor, vai fazer a cirurgia de artroplastia total de quadril do lado direito, nesta segunda-feira, 3. “ Estou muito feliz, porque os médicos falaram que a cirurgia é tranquila e que vou ficar bem após a cirurgia. Como trabalho na chácara, faço serviço pesado, e quando forçava muito, tinha dias que eu chorava de dor”, disse.

Post Bottom Ad