Polícia Civil prende dois foragidos da Justiça e suspeitos pela prática de vários crimes em Palmas - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Polícia Civil prende dois foragidos da Justiça e suspeitos pela prática de vários crimes em Palmas

Share This


Policiais Civis da 5ª Delegacia de Palmas, comandados pelo Delegado Evaldo de Oliveira Gomes efetuaram, na tarde desta sexta-feira, 30, a prisão de Wanderson Francisco Costa, 19 anos e Kaio Wender Rodrigues da Silva, vulgo “Wolverine”, 24 anos. Ambos são suspeitos pela prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, sendo que Wanderson também responderá pelos crimes de falsidade ideológica, coação no curso do processo e resistência à prisão.

Conforme o delegado Evaldo, a ação que resultou na prisão dos indivíduos teve início por volta das 11h da manhã, quando os policiais civis da 5ª DP realizavam investigações de rotina a respeito de crimes de roubos e furtos ocorridos na área de abrangência da Delegacia.

“Os agentes avistaram quando Kaio, o qual já possui envolvimento em vários ilícitos penais, adentrou em uma kitnet, localizada no Setor Santa Fé, carregando um pacote suspeito na cintura. Os policiais o interceptaram no momento em que ele repassava a outro indivíduo, que disse se chamar Thaison Francisco dos Reis, 17 munições de espingarda calibre 12, intactas”, disse o delegado.

Diante da suspeita de que o imóvel era utilizado como ponto de venda de drogas, os agentes, com o consentimento do morador, adentraram ao local, onde encontraram e apreenderam um aparelho celular sem comprovação de procedência, bem como a quantia de R$ 201 reais, escondidos no banheiro. Ao ser ouvido sobre a origem das munições, Wolverine disse que as havia encontrado em uma área verde, localizada no Setor Santa Fé II.

Ambos os homens foram levados à delegacia para as providências cabíveis. Na DP, após realizar alguns levantamentos sobre a vida pregressa dos indivíduos, os policiais civis descobriram que o verdadeiro nome do suspeito que havia se identificado como Thaison, era Wanderson Francisco Costa.

Ao ter o nome revelado, o homem tentou fugir da delegacia, chegando a pular alguns muros de casas da vizinhança. No entanto, graças à pronta ação dos policiais civis, ele foi perseguido e capturado novamente. Na delegacia, o indivíduo continuava bastante agressivo e passou a ameaçar de morte os policiais presentes no recinto.

 Mesmo diante da mira de armas de fogo, investiu contra os agentes entrando em luta corporal com eles. Contudo, os policiais mantiveram a calma e, utilizando-se de força moderada, conseguiram conter e imobilizar Wanderson.

Diante da atitude do indivíduo, os agentes realizaram novas pesquisas nos sistemas policiais e descobriram que Wanderson possuía mandado de prisão, proveniente da 4ª Vara Criminal de Palmas, onde foi condenado a uma pena de cinco anos de reclusão em regime fechado pelo crime de roubo majorado.

Kaio Wender também possui condenação de oito anos de prisão em regime fechado, oriunda da Vara Criminal da Comarca de Paraíso do Tocantins, pela prática de furto qualificado. Diante dos fatos, Wanderson e Kaio foram recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.   

Post Bottom Ad