Após recomendação da DPE, Hospital Regional de Araguaína confecciona rouparia para Centro Cirúrgico e UTIs

16:20




Os setores de UTIs e Centro Cirúrgico do Hospital Regional de Araguaína (HRA) tiveram a demanda de rouparia suprida após a Recomendação nº 003/2017, expedida pelo Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas (NUAmac) da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), em Araguaína. A unidade hospitalar foi notificada no último dia 26 e tomou providências imediatas já no dia 27, tendo confeccionado, em regime de mutirão, até mesmo no final de semana, a rouparia necessária para estes setores, sendo 15 kits cirúrgicos e 300 lençóis. 

Nova vistoria foi realizada na última sexta-feira, 27, para verificar os materiais e a produção. “A Diretoria informou que utilizou o processo de compra emergencial para atendimento à demanda. O volume de rouparia já era maior que a vistoria anterior, e o que estava sendo produzido, já estava à disposição”, afirmou o defensor Sandro Ferreira.

A Recomendação solicita, ainda, que em 30 dias, apresentem relatório da situação quanto aos enxovais dos demais leitos e em 60 dias, apresentem informações sobre sistema de controle interno e fiscalização de gestão da hotelaria hospitalar, especificamente no que tange à rouparia. Segundo a Superintendência de Unidades Próprias, o serviço será regularizado com a contratação de empresa para prestar o serviço.  

Vistoria
Em vistoria no HRA no último dia 25, o coordenador do NUAmac de Araguaína, defensor público Sandro Ferreira, verificou que a realização de cirurgias foi comprometida pela falta de rouparia na unidade hospitalar.

Durante a vistoria, o coordenador verificou casos em que a rouparia é “emprestada” de outras unidades que regulam os pacientes ingressos, vez que na entrada não haveria enxoval disponível para o leito.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »