Suspeitos por tráfico de drogas são presos pela Polícia Civil em Araguaína - Portal Tem de Tudo Tocantins

Publicidade

Post Top Ad

Suspeitos por tráfico de drogas são presos pela Polícia Civil em Araguaína

Share This


A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Norte, em apoio à operação deflagrada pela Delegacia de Policia Civil de Ananás-TO, efetuou, na manhã desta quinta-feira, 18, o cumprimento dos mandados de prisão, bem como efetuou a prisão em flagrante de Darcy da Silva Filho e Marcos Antonio Rodrigues Sousa, pelos crimes de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, respectivamente.  

Conforme o delegado José Anchieta de Menezes Filho, após
levantamentos realizados pela equipe de policiais civis da DEIC/Norte, foi possível identificar as residências nas quais os foragidos se escondiam, sendo uma no Setor Maracanã e outra no Setor Barros. 

Desta maneira, na manhã desta quinta, as equipes da DEIC efetuaram a prisão de Darcy, que se encontrava na região central da cidade e, logo em seguida, foram até a residência localizada no Setor Maracanã. Após buscas realizadas no imóvel, os agentes localizaram e apreenderam porções de cocaína, bem como 56 porções de maconha, todas já devidamente embaladas e prontas para serem comercializadas.

Em continuidade às diligencias, uma equipe deslocou-se até a casa de Marcos, localizada no setor barros, onde
efetuaram o cumprimento do mandado de prisão e a apreensão de uma arma de fabricação artesanal, municiada com um cartucho calibre. 36, apta a efetuar disparos de arma de fogo, além de munição deflagrada e pólvora.

Vale ressaltar, que Marcos possui mandado de prisão, em aberto, expedido pelo Poder Judiciário do Pará e é considerado foragido da prisão da Comarca de Marabá-PA, desde o ano de 2014. Darcy estava com mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário do Estado do Tocantins.

Diante da situação de flagrância, os dois homens foram conduzidos até a sede da DEIC onde foram lavrados os autos de prisão em flagrante. Após os procedimentos legais cabíveis, Marcos e Darcy foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Araguaína - TO, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Post Bottom Ad